Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

locucao-dica
No comando: DISQUE SUCESSO

Das 08:00 as 11:00

locucao-dica
No comando: BALANÇO GERAL

Das 11:30 as 12:00

locucao-dica
No comando: ESTAÇÃO BRASIL

Das 12:00 as 13:00

locucao-dica
No comando: SOLTA O SOM

Das 13:00 as 16:00

locucao-dica
No comando: Forró da Hora

Das 16:00 as 18:00

Ceará, Terra do Humor

Compartilhe:
Ceará Terra do Humor

A sanção ocorreu em meio a piadas e homenagens ao intérprete natural de Maranguape. A lei denomina “Ceará, Terra do Humor” como Bem Cultural de Natureza Imaterial

Humor e alegria desenharam a tarde desta segunda-feira (17), quando o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou o Projeto de Lei que denomina “Ceará, Terra do Humor” como Bem Cultural de Natureza Imaterial. Intitulada Lei Chico Anysio, em homenagem ao intérprete maranguapense, a lei, de autoria do deputado estadual Bruno Pedrosa, foi comemorada por humoristas do Estado em solenidade no Palácio da Abolição.

 

De acordo com o chefe do Executivo, a lei vai fortalecer a política cultural do humor num estado que traz grandes nomes do segmento, como Renato Aragão e Tom Cavalcante, além do humorista de 209 personagens, Chico Anysio. “O Ceará tem um humor diferenciado, gostoso e único, e, com esta lei, nós queremos valorizá-lo, levando os humoristas para mais próximo das pessoas. Além da terra da luz, o Ceará passa a ser, também, a terra do humor”, somou o governador.

Também presente na solenidade, o secretário da Cultura, Fabiano dos Santos Piúba, ratificou a importância do reconhecimento dos artistas do riso. “Uma lei como esta permite à Secretaria da Cultura a elaboração de uma política cultural mais eficaz. A Secult retomou o Edital do Humor após se reunir com o Fórum Estadual Humor, e, agora, temos o reconhecimento dele no Edital de Incentivo às Artes”, disse Piúba. O Edital, segundo o secretário, está avaliando 30 projetos humorísticos neste semestre. A nova publicação deve direcionar um investimento da ordem de R$ 700 mil para o segmento.

 

170515_LEI_DO_HUMOR_MG_2503.jpg

Autor da Lei Chico Anysio (Lei N.º 220/15), aprovada em abril último, o deputado estadual Bruno Pedrosa reforça o papel da regulamentação como incentivo não só para os humoristas do Estado, como para o turismo cearense. “Levar o nome Chico Anysio, que foi o precursor do humor, não só cearense, como brasileiro, faz com que a gente tenha mais responsabilidade de incentivar os humoristas, incentivar o humor, até porque ele tem um papel preponderante no turismo cearense”, afirmou o parlamentar.

 

Ceará, um cartão postal

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Tags

Últimas do blog