Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fortaleza encara o São Paulo para abrir oitavas da Copa do Brasil

osvaldo

Diário do NOrdeste

Um choque tricolor de tradição, idolatria e milhões em cotas de premiação. Hoje, o Fortaleza inicia a saga na Copa do Brasil de 2020 em duelo contra o São Paulo, às 19h15, na Arena Castelão. O confronto é o primeiro – a volta é dia 25 de outubro, no Morumbi – e vale R$ 3,3 milhões para quem avançar para as quartas do torneio.

A receita tem peso no confronto pelo contexto de pandemia de Covid-19. Apenas por participar, o Leão embolsou R$ 2,6 mi, o mesmo montante do São Paulo, e cada um estreia justamente na eliminatória: o time cearense chegou na vaga com título da Copa do Nordeste de 2019 e os paulistas através da Libertadores.

O duelo tático também é especial. O técnico Fernando Diniz esteve pressionado no cargo e tem duelo com o Fortaleza como necessidade de exercer a superioridade, resposta necessária ao torcedor. Principalmente pela importância do adversário à beira do gramado: Rogério Ceni.

Os dois são símbolos de uma renovação de comandantes, mas o ex-goleiro faz pressão no adversário pela história construída com a camisa do São Paulo. Os títulos pelo futebol cearense o ressaltam em âmbito nacional e promovem uma equipe difícil de ser batida na elite.

Os elementos indicam uma partida, de fato, especial: simbolismo das torcidas novamente sem a presença nas arquibancadas do estádio, um protocolo de segurança para o novo coronavírus. Mas Ceni acredita no amplo favoritismo do adversário pelo contexto histórico das equipes.

“O que há de importante é que hoje sou Fortaleza. Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, uma história, a minha vida, isso sempre vai existir, mas hoje quero vencer pelo Fortaleza, não porque é contra o São Paulo, é um grande confronto, agora o favoritismo é do São Paulo. A diferença de investimento e estrutura é muito grande”, explicou.

 Para montar o time titular, o comandante leonino tem à disposição quase 100% do elenco. O zagueiro colombiano Quintero, fora dos últimos jogos, é dúvida devido lesão muscular.

A única baixa certa é o atacante Tiago Orobó. O atleta participou da competição pelo América-RN e não pode ser inscrito por nova equipe.

Desafio tático

Na temporada de 2020, Fortaleza e São Paulo se enfrentaram, mas foi pela 2ª rodada da Série A. O duelo no Morumbi teve equilíbrio na posse de bola (51% x 49%) e finalizações (13 x 12), com triunfo do tricolor paulista por 1 a 0.

No decorrer do ano, o Leão elaborou um novo conceito tático. O time deve pressionar a saída adversária e, com a posse, administrar o domínio. Para ganhar mais vigor, a possibilidade de ‘dobrar os laterais’ também é alternativa – Tinga e Gabriel Dias na direita, por exemplo. A tendência é de um São Paulo mais reativo, com organização ofensiva através de peças como Daniel Alves.

Deixe seu comentário:

Menu

CONTATOS

(88) 3584-1374
(88) 9 9605 0674(TIM)
COMERCIAL: (88) 9 9618-0635

Curta no Facebook

Redes sociais

Instagram Widget

No images found!
Try some other hashtag or username