Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Ministério da Saúde informa à CNM que haverá remessas diárias da Coronavac para normalizar segunda dose

CHEGADA DE LOTE COM VACINAS ASTRAZENECA E CORONAVAC PARA COMBATE A COVID 19; MEDIDAS DE COMBATE A COVID 19; MEDIDAS DE COMBATE AO CORONAVIRUS; SESA;SAUDE;AEROPORTO DE FORTALEZA;COMPANHIA AEREA GOL;VOO PR-GUT; VACINACAO;FRAPORT; FOTO © TATIANA FORTES/ GOV. DO CEARA

Em reunião com representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na última terça-feira, 27 de abril, o Ministério da Saúde informou que adotará uma nova logística de distribuição da vacina Coronavac com o objetivo de normalizar o repasse para aplicação da segunda dose. De acordo com a pasta, a partir de 3 de maio o Instituto Butantan voltará a produzir 600 mil doses por dia e fará o repasse diário para que o governo federal remeta aos Estados, que repassam aos Municípios.

“Agora, a logística montada é para que a gente distribua para os Estados e por eles aos Municípios pequenas quantidades para apoiar nesse momento difícil. No cenário atual, vamos fazer a distribuição em várias remessas menores”, explicou o diretor de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Laurício Monteiro. A informação sobre a nova logística foi uma resposta ao questionamento do presidente da CNM, Glademir Aroldi, quanto à previsão de novas remessas e orientações do Ministério para as prefeituras que estão sem estoque da Coronavac para a segunda dose.

Segundo o diretor de Imunização da Saúde, até sexta-feira, 30 de abril, o Ministério distribuirá cerca de 500 mil doses da Coronavac – 100 mil que possui em estoque e cerca de 400 mil que aguarda receber do Butantan nesta semana. Também até sexta, haverá a distribuição de 500 mil doses da vacina da Pfizer. Estas serão repassadas apenas às capitais por questões logísticas de armazenamento. No entanto, a pasta garantiu que os demais Municípios não serão prejudicados, pois receberão, proporcionalmente, mais doses das vacinas das outras fabricantes.

Em relação à vacina da Astrazeneca/Oxford, Monteiro relatou que a situação é de alta produção por parte da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “[Nesta semana], vamos enviar pouco mais de 5 milhões da Astrazeneca. Estamos organizando a documentação e enviaremos ofício às secretarias estaduais”, informou. A partir da próxima semana, ele afirmou também que a expectativa é repassar 600 mil doses da Pfizer por semana. O governo federal possui contrato com a Pfizer para 100 milhões de doses a serem entregues em remessas até o fim de 2021, e negocia um novo contrato com mais 100 milhões de doses, como confirmado pelo diretor de Imunização na reunião com a CNM.

Vale destacar que a Paraíba não receberá novo repasse nesta semana, porque, segundo o Ministério, o Estado recebeu no sábado, 24 de abril, uma remessa adiantada por decisão judicial.

Deixe seu comentário:

Menu

CONTATOS

(88) 3584-1374
(88) 9 9605 0674(TIM)
COMERCIAL: (88) 9 9618-0635

Curta no Facebook

Redes sociais

Instagram Widget

Não encontramos imagens! Veja se vinculou corretamente sua conta instagram.