Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

POLÍCIA PRENDE QUADRILHA QUE RECEBIA ORDENS DE PRESÍDIO

img_bd_r_w_sql-2
Uma operação realizada pela Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), que teve como objetivo, o cumprimento de mandados de busca e apreensão representados pelo Ministério Público da cidade de Pindoretama, Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13), resultou nas prisões de doze pessoas envolvidas em ações criminosas e nas apreensões de seis armas de fogo. A ofensiva, que contou com equipes do Comando Tático Rural (Cotar) e do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gate), ambos do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), culminou também na apreensão de cerca de R$ 192 mil. As capturas foram apresentadas em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (11), na sede da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).
Conforme o delegado Osmar Berto, “as doze pessoas autuadas são investigadas pelos crimes de homicídios, tráfico de drogas e organização criminosa no município da Região Metropolitana de Fortaleza”, destacou. Os mandados de busca e apreensão, deferidos pelo Poder Judiciário, foram cumpridos na manhã de ontem (10), em diversos bairros de Pindoretama. Em uma das residências revistadas, no bairro Centro, as equipes militares encontraram valores em espécie que totalizaram mais de R$ 192 mil.
Já no bairro Conjunto Habitacional Regina Albino, o Cotar e o Gate abordaram imóveis, onde alguns suspeitos que residiam nos locais tentaram empreender fuga durante a ação policial.  Um dos principais alvos da operação é o suspeito identificado por Manoel Pedro dos Santos Silva (25) – conhecido por “Smith” – que é apontado como o chefe do grupo criminoso da região. Conforme os levantamentos, ele recebia ordens de outro individuo, que atualmente se encontra recolhido no sistema prisional e está sob investigação da Polícia Civil do Ceará. Na residência de “Smith”, que já responde por tráfico de drogas, os profissionais de segurança prenderam seu padrasto, Evaldo Carneiro de Oliveira (41) – com passagem por tráfico de drogas; e outros dois suspeitos, Nauricelio Fernandes da Silva (21) – conhecido por “Pipoca”, que também responde por tráfico de drogas; e o foragido da Justiça, Francisco Bruno da Silva Matias (21) – com antecedentes criminais por roubo e crime de trânsito.
Houve resistência dos homens durante a ofensiva, sendo necessário o uso moderado da força para contê-los. Lá, foi apreendida maconha pronta para ser comercializada, e com os levantamentos feitos no local, os militares seguiram para outra residência, onde foi encontrada uma espingarda calibre 12 e um recipiente contendo munições de calibres variados. O material estava em posse de Francisco da Chagas Bezerra Celestino (38) – com passagens pela Polícia por furto qualificado, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de lesão corporal; e Francisco José Costa Araújo (19) – sem antecedentes. Uma segunda espingarda calibre 12 também foi apreendida, após este último suspeito apontar a localização da arma, que estava escondida em um matagal nas imediações.
Dando continuidade à ação, os policiais lotados no BPChoque prenderam “Smith” e outros comparsas, os quais estavam em posse de mais quatro pistolas – calibres 380, uma .40 e uma 9 mm; e drogas – cerca de 1,5 quilo de maconha e 204 gramas de crack. Foram presos: Edilson Rocha de Sousa Neto (24) – que estava com mandado de prisão em aberto por roubo e possui antecedente criminal por tráfico de drogas; Francisco Jabas Teixeira de Oliveira (30) – com passagem por porte ilegal de arma de fogo; Francisco José Medeiro Lima Filho (25) – com passagens por tentativa de homicídio e lesão corporal dolosa consumada e tentada;  Izaias William Bezerra (28) – com passagens pela Polícia por roubo e furto; Manoel Pedro dos Santos Silva (25) – com antecedente criminal por tráfico de drogas; Herbet Macedo Ferreira (28) e Erik Nascimento Silva (19) – estes dois últimos sem antecedentes criminais. Todos foram conduzidos para a sede da DRF, onde foram autuados por associação criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo. As investigações acerca da participação do bando em homicídios, cometidos na região, estão em andamento pela Polícia Civil.
Fonte: SSPDS

Deixe seu comentário:

Menu

Blablabla

Remova ou escreva algo para este widget indo em Widgets em seu painel de controle

Curta no Facebook

Redes sociais